24/12/2011

...

... e ainda não é desta que me posso dar, sem medos...
Temos mais uma "crónica de uma morte anunciada"...


2 comentários:

Uma Rapariga Simples disse...

Para mim, o medo acabou.
Estou a dar-me a uma coisa que me está a encantar tanto que nem penso no passado.

Acima de tudo, é um alívio!

Há de haver vida entre tantas mortes, nalgum sítio há de haver.

Anita Garcia disse...

Há-de haver, decerto...